quinta-feira, 30 de setembro de 2010

ღ Há sempre tempo ...

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:
Há sempre tempo para a mudança
Porque o mundo continua a girar
Há sempre tempo para recomeçar
Se se mantém viva a esperança
Há sempre tempo para esquecer
E há sempre tempo para lembrar
Um rosto, uma melodia, um lugar...
Colocar de lado a mágoa que teima em não sarar
Porque amanhã o sol volta a raiar
Há sempre tempo...
Mas o tempo não pode esperar
Porque o tempo sempre conta
Há sempre tempo mesmo quando não há tempo
Declina-se o tempo sobre as horas...
minutos... segundos...
E o tempo bem contado
Tem de ser bem passado e bem aproveitado
Porque não há tempo para voltar atrás no tempo.
♣ Ąηηα ♣

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:

ღ Felicidade...


sábado, 25 de setembro de 2010

Mudanças...


:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:


Sentiu que tinha de parar
Que era urgente semear os campos
Abandonou a revolta, a raiva e a ironia
Engoliu gritos de desespero
Alguns lamentos e muitos punhais
Deixou a angustia morrer nas margens desnudas
Sedenta, bebeu todos os mares e rios
E na madrugada calada
Adormeceu seca de lágrimas.




♣ Ąηηα ♣


:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.: