sábado, 29 de janeiro de 2011

ღ Beijo á distância...



:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:
Do meu coração nasceu um suspiro
Que pediu auxilio ao vento
Para poder chegar até ti
E acariciar-te ternamente ao ouvido
A minha alma acompanha-o
Ela sabe como encontrar-te
E estará sempre ao teu lado
Até poder abraçar-te
E o silêncio que os acompanha
É um silêncio que á distância
Estremece o meu corpo

Prepara alegremente a chegada
Deste beijo nascido do meu coração...

♣ Ąηηα ♣
:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

ღ Alma sou...

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:

Sou alma iluminada
Soltam-me dos lábios
Belas melodias
E dos meus membros
Danças de amor
Quero vaguear eternamente a teu lado
Deixa-me acompanhar-te
De coração dado
E as mãos a arder
E a minha aura iluminada
Chama a brisa do vento
Chama a frescura do mar
E levita de prazer
Fica tão fácil entregar minh’alma
Sendo cúmplices nesta vida
Não importa o tempo
Sigo buscando o meu destino
Meu anseio é a liberdade
Dou-te os meus versos...
As minhas rimas...
Os meus sentimentos...
São, por vezes só lamentos...
Mas que me aliviam a dor.
Sou alma ensandecida.
Sou apenas emoção...

♣ Ąηηα ♣

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

ღ Saudades...

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:
Amar é guarda-te dentro da alma
Enxugar as lágrimas com uma mera lembrança...
Buscar o amor dentro do coração
Dar-te consolo quando precisas...
E hoje senti que preciso de ti...
Senti a tua falta...
... como sempre sinto...
Senti saudades de ti...
Saudades de mim...
Saudades de nós...
E uma melodia soou dentro de minha alma
E tocaram milhões de promessas
Neste meu amor sem limites...
Saudades...

♣ Ąηηα ♣

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

ღ Amarrada...


:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:
Á noite os poetas naufragam
Poesia presa na garganta
Vestes e máscaras de fulgor
Soletrando gritos de dor
Eu solto a máscara
Abro a janela dos sonhos
Habito-os de mãos amarradas
E vejo fugir os meus desejos
Entre os dedos do tempo
Tempo... traidor dos meus segredos
Esvoaçam na mente
E amarrada observo
O castelo ruir
Ainda salivo a poeira
De uma memória perdida
Numa rima desalinhada...
...mas sempre amarrada.

♣ Ąηηα ♣

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.: