terça-feira, 19 de outubro de 2010

ღ Palavras...


:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:
Há palavras que dão vontade de mastigar
Apetece saborear cada sílaba
Dentro de mim tudo arde
Menos as palavras...
Somos feitas da música que paira no ar
De versos, sonetos e poemas
De poesias feitas das memórias que tecemos
Como vitaminas que nos fortalecem
Enrosco-me no papel amarelado pelo tempo
Há palavras que me escorrem às mãos cheias
Trepando devagar pelo meu corpo
Mordisco as migalhas das palavras que não se comem
Não têm som nem sabor...
Não têm cor...
E enrosco-me em aparas de borracha
É mais seguro poder apagar
Que não ter forças para as poder engolir.


♣ Ąηηα ♣


:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

ღ Para sempre... Nunca mais...

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:
Para sempre...
Almas perdidas no infinito
Auras divinais
Anjos de asas perfumadas

Nunca mais...
Falsas glórias
Quimeras vãs
Sinistras sinfonias

Para sempre...
Saudades dos meus amores
Vida, Sol, Céu e Flores...
Nascentes de fantasias

Nunca mais...
Tempestades de gritos e gemidos
Canções que soam a prantos
Ilusões e sonhos perdidos

Para sempre...
Um beijo e uma flor
A maresia... perfume do mar
O desejo de uma noite de amor
A eterna capacidade de sonhar

Nunca mais...
O exaspero das lágrimas
Na carne a nódoa do passado
No teu corpo o remorso desesperado

Para sempre... Nunca mais...

♣ Ąηηα ♣

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

ღ O que escrevo...

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:
O que escrevo tem tamanha paixão...
Que rasgo em mil pedaços os meus pensamentos
Suaves murmúrios de saudade e solidão
Suaves brisas e doces momentos
E quando o vento sopra a favor...
Chega a hora de invocar sentimentos
Escrevo horizontes estrelados de amor
Escrevo sem razão...
Escrevo sem sentido...
Vozes do meu coração
Palavras soltas... Tempo perdido...
Nascidas em memórias vividas
Abstractas, naufragas... perdidas...

(...)

Já não me lembro do que escrevi
Nem o tempo que perdi...
♣ Ąηηα ♣

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

ღ Solidão é...

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:
A solidão é...
Qualquer coisa como...
Buscar e não ter
É algo como...
Querer e não saber
Não ter histórias para contar
Nem histórias para esquecer
É como...
Andar sem conhecer
Sem lugar para descansar
A solidão tem uma cor
Escura e triste
Como um amor acabado
Como uma vã intenção de viver
A solidão morre de sede
Debaixo de uma tempestade de chuva
E segue andando sem sequer ter
Um lugar onde deixar
As folhas secas da rotina
E a vontade de sonhar...
♣ Ąηηα ♣

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.: