quinta-feira, 18 de novembro de 2010

ღ Ausência...

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:
Tua ausência é ressaca
Impregnada no ar que respiro
Instiga-me á volúpia
O meu corpo chama o teu
E num instante de loucura
Esta febre de mulher
Pele que respira ousadia
Que pulsa, sonha e vive por ti
Sinto-te junto a mim
E são minhas as tuas mãos ausentes
Que percorrem caminhos
Tatuando com toques e carícias
Exalando calor e desejo
Provocando um êxtase
Solitário...mas pleno
Esta sede de veneno.
♣ Ąηηα ♣

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:

12 comentários:

  1. Ciao Anna, è sempre bello venire qui, si rivevono sempre splendide emozioni.
    Ti auguro una serena notte, con amicizia, Vito

    ResponderEliminar
  2. BOM FIM DE SEMANA
    »»»»»AMIZADE QUERIDA«««««
    Sorria com o coração aberto
    Para que você possa enche.lo de ,
    Amor,esperança e muita fé

    FICA NA PAZ DO SENHOR

    BEIJOS E ABRAÇOS..
    JUDDY

    ResponderEliminar
  3. Quanto romantismo... lindo!... Mas outra coisa não era de esperar...
    Beijinhos doces, meu amor!

    ResponderEliminar
  4. Hola mi buena amiga, aquí estoy donde me ha traído el corazón, para saludarte y también agradecerte por tus bonitos comentarios que siempre me dejas cuando me visitas.
    Bonita poesía llena de romanticismo y pasión, a donde se ve la ternura en cada párrafo que tú escribes.
    Te Deseo un feliz fin de semana lleno de sensaciones positivas.
    Un beso desde la distancia de tú amigo.

    ResponderEliminar
  5. Olá amada amiga Anna!
    Lindo poema amiga!
    Tua ausência é ressaca,impregnada no ar que respiro.Adorei!!!
    .»♥«♥«  * . + . * . * . + »♥«♥«

    HÁ CERTAS HORAS

    Há Certas Horas,
    que só queremos a mão no ombro,
    O abraço apertado ou mesmo o estar ali,
    quietinho, ao lado ... Sem nada dizer ...

    Há certas horas,
    quando sentimos que estamos pra chorar,
    Que desejamos uma presença amiga.
    A nos ouvir paciente,
    A brincar com a gente,
    A nos fazer sorrir ...

    Alguém que ria de nossas piadas sem graça
    Que ache nossas tristezas as maiores do mundo
    Que nos teça elogios sem fim ...
    E que, apesar de todas essas mentiras úteis,
    Nos seja de uma sinceridade inquestionável ...

    Ou alguém que apenas diga:
    SOU SEU AMIGO !!!

    .»♥«♥«  * . + . * . * . + »♥«♥«

    E te desejo um feliz final de semana.
    Com carinho da amiga Nati

    ResponderEliminar
  6. Ausência


    Por muito tempo achei que a ausência é falta.
    E lastimava, ignorante, a falta.
    Hoje não a lastimo.
    Não há falta na ausência.
    A ausência é um estar em mim.
    E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
    que rio e danço e invento exclamaçíµes alegres,
    porque a ausência assimilada,
    ninguém a rouba mais de mim.


    Carlos Drummond de Andrade

    ResponderEliminar
  7. OLÁ MINHA AMIGA..
    (SAUDADES)
    que a paz seja seu
    obgetivo, que o amor
    seja seu caminho,
    que a sabedoria
    guie seu passos!!
    Uma óptima semana
    Beijos e abraços..
    JUDDY

    ResponderEliminar
  8. Ola Ana tudo bem? passando pelo blog de uma amiga .. resolvi fazer uma vista no seu e adorei estou seguindooo vc ok....
    Se quiser retribuir minha visita sera bem vinda em meus cantinhos...adorei aki muito romantica rs
    bjs otima semana

    ResponderEliminar
  9. Oi Ana,
    Passando para lhe dar um respeitoso abraço.
    Parece que a melhor cura de uma ressaca de amor, é mesmo uma nova dose dele.

    beijito.

    ResponderEliminar
  10. bom dia minha amiga!!!!
    nossa que saudade de você!!!
    que linda imagem,alias você anda abusando na beleza...hehe
    te amo do tamanho de uma girafa...
    beijos muitos

    ResponderEliminar
  11. Hola mi buena amiga, pasé por aquí para saludarte. Bonita entrada, y un bello poema, me ha encanta mucho. Te deseo un feliz fin de semana lleno de sensaciones positivas. Un beso desde la distancia de tú amigo.

    ResponderEliminar
  12. A ausência aguça o amor, a presença o fortalece

    ResponderEliminar